DOIS MONTES – Bugarach e Sião

"A montanha rochosa de Bugarach, 1.220 metros acima das montanhas Corbières, numa das áreas mais pobres e menos povoadas da França, há muito tempo atrai pessoas que gostam de fazer caminhadas e amantes da natureza que buscam perambular por suas suaves inclinações na esperança de encontrar espécies raras de orquídeas.

Porém, nos últimos anos, a beleza mística e o isolamento da montanha vêm atraindo uma variação menos comum de pessoas que gostam de fazer caminhadas. Os moradores os chamam de "esotéricos", pessoas que acreditam que o fim do mundo será no dia 21 de dezembro de 2012 - quando o ciclo de 5.125 anos do calendário maia supostamente se encerra.

Alguns sites franceses e internacionais dedicados ao apocalipse alegam que a montanha de Bugarach é um local sagrado que irá protegê-los do fim do mundo. Alguns até creem que, no dia do juízo final, eles desaparecerão - graças a um grupo de alienígenas que mora sob a montanha.

O pico de Bugarach há muito tempo é chamado de "montanha sagrada"; geólogos afirmam que, logo depois que a montanha foi formada, ela explodiu - e o topo veio abaixo. Também diz-se que a montanha inspirou autores franceses, como Jules Verne em "Jornada ao Centro da Terra", além de cineastas americanos como Steven Spielberg em "Contatos Imediatos de Terceiro Grau".

Ismo Nykanen, jornalista finlandês que se estabeleceu em Bugarach com a família há alguns anos, disse ter visto uma vez vários grupos de pessoas, algumas vestidas de branco, outras nuas. "Eles ficam aqui vários meses durante o verão, em trailers acampados na base do pico", disse Nykanen.

Sua filha adolescente, Elsa, disse ter visto um caminhão com uma mensagem escrita com spray na porta: "Suicídio coletivo: Bugarach 2012. Eles se vestem como pessoas normais e acreditam fortemente que alguém do céu está lhes enviando mensagens".

O governo Francês lista pelo menos 30 movimentos que pregam o momento do fim do mundo”. (NYT)

A intuição dos humanos funciona, mas as vezes se confunde com a variedade de informações.

Nossa segurança está em um monte, mas não naquela montanha francesa. O Apocalipse relata que Jesus estará de “sobre o monte Sião, e com ele cento e quarenta e quatro mil, tendo na fronte escrito o seu nome e o nome de seu Pai” Apocalipse 14:1.

Por que as pessoas ignoram informações escriturísticas, fortemente embasadas pela arqueologia e as principais religiões do mundo, para crer em fantasias?

Um comentário:

adevntista quissama disse...

Gostei muito desse post...Muito interessante, não sabia sobre esse monte na França!