AMAI-VOS UNS AOS OUTROS – tema da Parada Gay em SP


Na semana em que os cristãos católicos comemoram o 'Corpus Christi", e se preparam para a 'procissão', os homossexuais organizam sua procissão sob a bandeira colorida.

“A primeira manifestação do orgulho gay no Brasil aconteceu em São Paulo, em 1996. A edição deste ano contou com um milhão e meio de pessoas. Em 2005, o número subiu para 1,8 milhão e, em 2007, a organização estimou cerca de 3,5 milhões de participantes. Esse número a converteu no maior evento do mundo desse gênero, com um público massivo tanto do Brasil, como internacional”.

“A Parada Gay, cujo nome oficial é Parada do Orgulho GLBT (Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transexuais), acontece na Avenida Paulista na cidade de São Paulo”.

“É a 15ª edição do Mês do Orgulho LGBT, e acontecerá no dia 26 de Junho 2011. O lema dista edição vai ser "Amai-vos uns aos outros: basta de homofobia!”.

O movimento gay se utiliza de um tema bíblico para dar o seu recado aos cristãos que se opõem ao comportamento homossexual.

Os cristãos estão dispostos a amar não só homossexuais mas também, prostitutas, adúlteros, voyueristas e qualquer indíviduo com desvio sexual; mas isso não nos tira o direito de manifestar (como eles se manifestam) a nossa desaprovação ao comportamento.

Eles crêem que podem viver com um desvio sexual. Nós cremos que é possível viver sem desvio sexual algum, como fomos criados por Deus – heterossexuais.

A heterossexualidade é a razão da existência da humanidade; através dela o dom da procriação é concedida. O sexo não é só prazer, também é procriação e a formação da família.

Os homossexuais lembraram bem da Bíblia – “Amai-vos uns aos outros”; mas talvez se esqueceram de continuar lendo – “Ou não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: nem impuros, nem idólatras, nem adúlteros, nem efeminados, nem sodomitas, nem ladrões, nem avarentos, nem bêbados, nem maldizentes, nem roubadores herdarão o reino de Deus” 1 Coríntios 6:9.

O mesmo Jesus que postulou – “Amai-vos uns aos outros; disse também – “Vai e não peques mais”.

Ninguém tem o direito de nos tirar a crença de que há pecado, há perdão e há regeneração.

Isso é um direito de nossa fé.

Fonte: Dreamguides

Um comentário:

GERALDO CARDOSO DE ALMEIDA FILHO disse...

GOSTEI MUITO DE VARIAS POSTAGENS, QUERIA PEDIR PERMISSÃO PARA POSTAR ALGUMAS EM MEU BLOG.AGUARDO RESPOSTA.