IR AO CINEMA É PECADO?



Algumas pessoas discordam de que o ambiente do cinema seja ‘pecaminoso’ ou mais propriamente ‘iníquo’. Isto porque admitem que os filmes fazem parte da cultura.

Cultura nem sempre é uma coisa boa. Veja o Carnaval por exemplo, ícone da cultura brasileira.

Quando se discute sobre cinema, existem duas coisas diferentes:
O ambiente – cinema
Os filmes exibidos ali – ação, romance, ficção, violência etc.

A discussão aqui é sobre o ambiente. 
O ambiente do cinema é ‘iniquo’. 

E o que determina isso ser assim são duas coisas:
O motivo que as pessoas vão ali (diversão)
A presença de quem está ali (ímpios)

O primeiro argumento (diversão) serve de linha divisória para outros ambientes.

Uma rodoviária, supermercado e até uma universidade possui muitas pessoas ímpias (vivem contrários à vontade de Deus). Mas o motivo pelo que você está ali (no supermercado ou universidade) justifica o fato de você não ser contado entre os transgressores.

Geralmente o motivo de estarmos em um supermercado (compras) não é pecaminoso. Mas estar em um cinema se divertindo com os ímpios se torna pecaminoso. O cristão não se diverte com o pecado ou se alegra na iniquidade. "Bem aventurado o homem que... não se assenta na roda dos escarnecedores" Sl 1.1up

Quando você vai ao cinema está se assentando ao lado de 'escarnecedores', ímpios. Foi ali para se divertir como um deles.

O argumento do que é assistido ali no cinema é apenas uma violação a mais.

Ir ao cinema é iniquidade  porque é um ambiente de diversão mundana. E esta definição de ambientes mundanos é antiga.

“Os verdadeiros seguidores de Cristo terão sacrifícios a fazer. Fugirão dos lugares de diversões mundanas, pois não encontram aí a Jesus” MJ, 376.

Seria bom lembrar que o voto batismal no item número 07 descreve o novo crente como aquele que “abandonou as diversões mundanas como cinema” etc.

Aqueles que vão ao cinema quebram seu voto batismal, alimentam a iniquidade e estão fortalecendo sua natureza carnal, aumentando sua capacidade para a transgressão propriamente dita.


 Há muitas opções para os jovens que desejam se manter ao lado de Deus. Não vá ao cinema, organize uma reunião de jovens e assista filmes apropriados no salão de jovens de sua igreja, ou na casa daquele amigo que a mãe não se importa em receber os amigos.

Há sempre uma forma de não errarmos o alvo.

13 comentários:

Carol disse...

Pecadores se assentavam a mesa com Jesus! Ele veio para os doentes e não para os sãos!
Se deixarmos de ir em todos os lugares que tem "ímpios", onde chegará salvação?! A fé vem pelo ouvir! Como ouvirão se não há quem pregue? Somos a bíblia lida por todos os homens.
Cinema, não é pecado.
Posso estar na igreja e longe de Deus. O lugar onde eu vou não dirá se sou ou não de Jesus.

Tudo nos é lícito, nem tudo nos convêm. Cinema, shopping é um lugar de lazer e Deus nos presenteou com o poder desfrutar do trabalho e do esforço das nossas mãos! É presente de Deus passear, viver, gozar da vida abundante que Ele nos deu e isso em comunhão, caminhando com Ele.

Anônimo disse...

Achei isso extremante ridiculo!! Como assim estará se divertindo com os ímpios, faça-me o favor,né! Sem contar que em todo lugar tem impios.Vamos ser radical hem...

Anônimo disse...

Sou adventista, mas é cada motivo ridiculo q dão pra não ir ao cinema, nossa igreja tem muitas coisas boas, mas essa do cinema é uma besteira, cinema é um local que não vende bebidas, um local familiar onde tem crianças, jovens, adultos, ou seja pessoas de todas as idades. A igreja está se portando da mesma maneira que os fariseus. Ridiculo.

M Creative 7 Agência disse...

Marcos Passos Romão de Brasília :)
Quero responder aos querido crentes; Carol e Antônio.
Quando Jó um servo fiel a Deus, deu brecha ao inimigo de Deus, (isto é entrou no território do inimigo)ai veio a desgraça na vida dele. Veja o conselho bíblico e não de um pastor adventista é Deus quem diz: Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai. Filipenses 4:8.
Me respondam existe alguma coisa amável em um filme que só prega o ódio ao seu inimigo? Existe boa fama quando os atores fora das telas usam drogas e até são presos por bebedeira e brigas? Exite alguma coisa pura no filme que está sendo assistido no cinema, sendo que o filme prega o sexo fora do casamento e que se o seu marido lhe trai você tem que dar o troco procurando outro homem para satisfazer-se, cadê a pureza? Como falar de honestidade se no filme prega se você não tem dinheiro então roube?
O cinema nada mais é, do que uma sala de aula aberta para aprender a pecar. E não venham com desculpas de alguns que dizem: tudo bem então vamos levar o cinema para casa... Não adianta nada pois o mesmo lixo que você asiste na sala de cinema é o mesmo que você comprar um home theater de quase 3 mil reais e coloca-lo na sua sala ou até mesmo construir uma sala especialmente para coloca-lo como uma sala (altar ao deus cinema... que seria o lugar de queimar oferendas ao deus cinema). Finalizando, TOMEM VERGONHA NA CARA POIS O MESMO DEUS QUE TE SUSTENTA E TE DÁ VIDA É BEM CLARO NA SUA PALAVRA. VÃO PREGAR A VOLTA DE CRISTO TOMANDO TEMPO PARA ASSIM O FAZER, APRENDAM A LENDO OS LIVROS INSPIRADO PELO ESPÍRITO SANTO POIS VOCÊS SÃO; "Vós, porém, sois raça eleita, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus, a fim de proclamardes as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz." 1 Pedro 2:9.
Parabéns ao seu blog Pastor, que Deus continue te abençoando.

M Creative 7 Agência disse...

Marcos Passos Romão de Brasília :)
Quero responder aos querido crentes; Carol e Antônio.
Quando Jó um servo fiel a Deus, deu brecha ao inimigo de Deus, (isto é entrou no território do inimigo)ai veio a desgraça na vida dele. Veja o conselho bíblico e não de um pastor adventista é Deus quem diz: Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai. Filipenses 4:8.
Me respondam existe alguma coisa amável em um filme que só prega o ódio ao seu inimigo? Existe boa fama quando os atores fora das telas usam drogas e até são presos por bebedeira e brigas? Exite alguma coisa pura no filme que está sendo assistido no cinema, sendo que o filme prega o sexo fora do casamento e que se o seu marido lhe trai você tem que dar o troco procurando outro homem para satisfazer-se, cadê a pureza? Como falar de honestidade se no filme prega se você não tem dinheiro então roube?
O cinema nada mais é, do que uma sala de aula aberta para aprender a pecar. E não venham com desculpas de alguns que dizem: tudo bem então vamos levar o cinema para casa... Não adianta nada pois o mesmo lixo que você asiste na sala de cinema é o mesmo que você comprar um home theater de quase 3 mil reais e coloca-lo na sua sala ou até mesmo construir uma sala especialmente para coloca-lo como uma sala (altar ao deus cinema... que seria o lugar de queimar oferendas ao deus cinema). Finalizando, TOMEM VERGONHA NA CARA POIS O MESMO DEUS QUE TE SUSTENTA E TE DÁ VIDA É BEM CLARO NA SUA PALAVRA. VÃO PREGAR A VOLTA DE CRISTO TOMANDO TEMPO PARA ASSIM O FAZER, APRENDAM A LENDO OS LIVROS INSPIRADO PELO ESPÍRITO SANTO POIS VOCÊS SÃO; "Vós, porém, sois raça eleita, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus, a fim de proclamardes as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz." 1 Pedro 2:9.
Parabéns ao seu blog Pastor, que Deus continue te abençoando.

Anna Pooh disse...

Tenho o habito de ir ao cinema com meu esposo no minimo 2 vezes no mês. É um de nossos passatempo favorito!
Não tenho qualquer tipo de problema em conviver com meu próximo, independente da cor, classe social, religião ou seja lá mais o que o defina. Intolerância não tem lugar em mim, especialmente porque não me considero melhor e tão pouco mais amada por Deus do que ninguém.
Faço minhas as palavras da Carol: Tudo nos é lícito, nem tudo nos convêm. Cinema, shopping é um lugar de lazer e Deus nos presenteou com o poder desfrutar do trabalho e do esforço das nossas mãos! É presente de Deus passear, viver, gozar da vida abundante que Ele nos deu e isso em comunhão, caminhando com Ele.

Jean Cardozo disse...

Pastor, na minha opinião o lugar não tem nada a ver o problema é o que se passa lá!"Porque, ONDE ESTIVEREM dois ou três reunidos em meu nome, AÍ ESTOU EU NO MEIO DELES."(Mat 18:20) O problema é o que se passa lá "Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, fornicação, impureza, lascívia, Idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões,heresias, Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus."(Gál 5:19-21) Todas estas obras da carne estão nos filmes, qual é o filme que não tem idolatria,feitiçaria,ira,peleja,dissensão e todos os outros frutos da carne ? “Muitos dos divertimentos populares no mundo hoje, mesmo entre aqueles que pretendem ser cristãos, propendem para os mesmos fins que os dos gentios de outrora. Poucos há, na verdade entre eles, que Satanás não torne responsáveis pela destruição de almas. Por meio do teatro(Primeiramente, EGW não está falando do teatro no sentido de lugar, mas a sua essencia,ora tudo o que tem no filme é uma espécie de teatro filmado,ou seja uma dramatização) ele tem operado durante séculos para excitar a paixão e glorificar o vício” (Patriarcas e Profetas, p. 459).
“Entre os mais perigosos lugares de diversões, acha-se o teatro(ela não fala do lugar mas sim do que é apresentado lá,ou seja sua essência). Em vez de ser uma escola de moralidade e virtude, como muitas vezes se pretende, é um verdadeiro foco de imoralidade. Hábitos viciosos e propensões pecaminosas são fortalecidos e confirmados por esses entretenimentos. Canções baixas, gestos, expressões e atitudes licenciosos depravam a imaginação e rebaixam a moralidade. Todo o jovem que costuma assistir a essas exibições se corromperá em seus princípios. Não há em nosso país influência mais poderosa para envenenar a imaginação, destruir as impressões religiosas e tirar o gosto pelos prazeres tranqüilos e as realidades sóbrias da vida, que as diversões teatrais. O amor a estas cenas aumenta a cada condescendência, assim como o desejo das bebidas intoxicantes se fortalece com seu uso. O único caminho seguro é abster-se de ir ao teatro (...) e a qualquer outro lugar de diversão duvidosa” (Mensagens aos Jovens, p. 380).

Não se isenta até os filmes biblicos ou de temática biblica.

“Os assuntos devem ser apresentados de tal maneira que impressionem favoravelmente as pessoas. Nada de cunho teatral deve existir nas reuniões” (Conselhos sobre Saúde, 481).

“Tenho uma mensagem para os que estão com a responsabilidade de nossa obra. Não animeis homens que devem empenhar-se neste trabalho a pensar que devam proclamar a solene e sagrada mensagem em estilo teatral. Nem um jota ou um til de qualquer coisa teatral deve aparecer em nossa obra. A causa de Deus deve ter molde sagrado e celestial. Fazei com que tudo quanto esteja em conexão com a apresentação da mensagem para este tempo tenha o sinete divino. Não permitais qualquer coisa de natureza teatral, pois prejudicaria a santidade da obra” (Evangelismo, p. 137-138).

DEUS É VIDA disse...

Concordo. Quem educa a geração atual? De onde vem as novidades que afastam as pessoas de Deus? O espírito da sensualidade, imoralidade, violência, está sendo embutido na sociedade através de filmes. E o que dizer da vida dos astros do cinema? O que dizer de Rolyoood? Um lixo.O pior é que se consegue ficar horas vendo filmes, mas não se consegue orar nem 10 minutos de joelhos . Este é o perfil da igreja atual,uma verdadeira Laudiceia.

DEUS É VIDA disse...

Concordo. Quem educa a geração atual? De onde vem as novidades que afastam as pessoas de Deus? O espírito da sensualidade, imoralidade, violência, está sendo embutido na sociedade através de filmes. E o que dizer da vida dos astros do cinema? O que dizer de Rolyoood? Um lixo.O pior é que se consegue ficar horas vendo filmes, mas não se consegue orar nem 10 minutos de joelhos . Este é o perfil da igreja atual,uma verdadeira Laudiceia.

Magnael Ferreira disse...

Verdade Carol ele veio para os doentes mas ele veio para curarnos doentes e não para se contagiar com a doença deles. Ele sentou com pecadores mas não foi pra pecar foi para transformar suas vidas e todos que tiveram contato com Ele saíram diferentes. E por último o lugar que vc vai realmente não diz se vc é ou não de Jesus são suas atitudes e a principal atitude que nos mostra que somos de Cristo é a obediência a ele até pq não estamos nesse mundo para gozar a vida estamos nesse mundo para glorificar o nome dele e arrancar o máxima de vidas possível das garras de satanás que ludibriando a muito arrasta multidões pro inferno com essa expressão é besteira que mal tem é só um filminho é só diversão.

Magnael Ferreira disse...

Verdade Carol ele veio para os doentes mas ele veio para curarnos doentes e não para se contagiar com a doença deles. Ele sentou com pecadores mas não foi pra pecar foi para transformar suas vidas e todos que tiveram contato com Ele saíram diferentes. E por último o lugar que vc vai realmente não diz se vc é ou não de Jesus são suas atitudes e a principal atitude que nos mostra que somos de Cristo é a obediência a ele até pq não estamos nesse mundo para gozar a vida estamos nesse mundo para glorificar o nome dele e arrancar o máxima de vidas possível das garras de satanás que ludibriando a muito arrasta multidões pro inferno com essa expressão é besteira que mal tem é só um filminho é só diversão.

Josuė Barbosa disse...


Em minha opinião, a igreja está certa quanto a não ir ao cinema. Se bem que também devemos cuidar muito com o que assistimos em casa. Hollywood está determinando o comportamento da sociedade moderna e criando filmes que, em lugar de entreter as pessoas, levam-nas a ficarem insatisfeitas com as suas vidas, porque elas vêem nos filmes um mundo de sonhos e cores. A comparação é uma arma de Satanás para nos conduzir ao pecado. Ele fez isso no Éden, tentando comparar o homem com Deus. E hoje ele usa os meios mais sofisticados para levá-lo a comparar a realidade da sua vida com a imagem fantasiosa dos filmes. Se a sociedade pudesse imaginar o que existe por trás dessas produções, e como se situa o mundo artístico, talvez nem assistisse aos filmes que por eles são produzidos.

O critério para provar se um filme é bom ou não? Faça a pergunta: Poderia Jesus assistir comigo? Sim ou não? Lembre-se de que lá no Céu não existe o mundo imaginário dos filmes e das superproduções. Lá sim, nos encontraremos com a verdadeira realidade dos nossos sonhos, e a tela, seja do cinema ou da TV, já não terá mais poder sobre nós, e nem existirá, porque Aquele que é real nos transformará para as realidades eternas.



Que Deus possa abençoar você!

Kethylen Botti disse...

E a parte que devemos comer o melhor dessa terra? Por acaso o melhor dessa terra não nos faz feliz?
Jesus conhece nosso coração,e sabe quando existe malícia ou não... Não vejo malícia em ir ao cinema. Fazer a diferença é estar em um ambiente com ímpios e não se contaminar... Então quer dizer que não posso ver um filme com um parente meu pq ele é ímpio? Não é a bíblia que diz que devemos viver em união?
O problema de hoje em dia é que a religiosidade está tomando o lugar do amor em nosso coração... Por isso que muitos julgam os crentes, não só pq a palavra nos diz q seremos perseguidos mas também pelo fato da religiosidade dar a entender q nos sentimos melhor do q o ímpios pq por exemplo não vamos ao cinema pq isso nos contamina... Oq sai da boca do homem é oq contamina, isso sim